MULHER FOI MORTA PELO EX NO MEIO DA RUA NO CRATO.

Uma mulher foi morta a tiros enquanto voltava do trabalho no Crato, na região do Cariri cearense, na noite desta quinta-feira (28). O suspeito do feminicídio é o ex-companheiro da vítima, identificado como Paulo Roberto Carlos Ramalho. 

Geanne Tavares Souza tinha 28 anos e trabalhava como caixa em uma farmácia. Testemunhas afirmam que os dois se separaram há três meses e o acusado não aceitava o fim do relacionamento. 

Uma amiga da vítima relatou ainda que Geanne tinha uma medida protetiva contra Paulo Roberto.

O caso aconteceu no Centro da cidade, próximo ao prédio da Prefeitura, por volta das 18h. Segundo agentes que atenderam a ocorrência, o crime foi premeditado, já que o suspeito aguardou a vítima sair do trabalho em seu caminho habitual. 

Depois do assassinato, Paulo Roberto atirou contra si mesmo. Ele foi levado em estado grave ao hospital. A arma foi recolhida pela polícia.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.