CARNAVAL 2019 FOI O MENOS VIOLENTO EM 5 ANOS NO CEARÁ

O Ceará registrou recorde positivo no Carnaval 2019: o período foi o menos violento dos últimos cinco anos. De acordo com dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Estado registrou redução de 56,6% nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), com 33 mortes, em relação à mesma época de 2015 – o ano com maior número de óbitos, com 76.

Estado apresenta redução no número de mortes violentas. Em 2015, foram registradas 76 mortes frente às 33 mortes ocorridas neste ano

Os dados surgem como o esperado pelo governador Camilo Santana (PT), que fez prognóstico favorável para a segurança pública cearense em janeiro deste ano. À época, o Estado atravessava a mais duradoura onda de ataques criminosos de sua história, com ações orquestradas por facções criminosas contra patrimônios públicos e privados.

Naquele mês, em entrevista à Rádio O POVO/CBN, o petista afirmou que sua determinação seria de endurecimento contra o crime dentro e fora dos presídios, com medidas que trariam “mais tranquilidade a médio e longo prazo para a população”.

Os números ligados às mortes violentas já podem ser sentidos no Estado. Conforme balanço divulgado pela SSPDS na manhã desta quinta-feira, 7, o Ceará registrou 33 mortes durante o feriado carnavalesco deste ano. O resultado contrasta com os registrados no últimos anos: 2018, 59; 2017, 46; 2016, 53; e 2015, 76.

A pasta informou que foram empregados em torno de 6,4 mil profissionais da segurança para integrar o plano operacional do Carnaval 2019. O período também apresentou diminuição dos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP). No comparativo com 2018, o Ceará registrou contenção de 14,5% de CVP neste ano.

Assédio sexual

O Carnaval 2019 foi o primeiro em que o assédio sexual passou a ser considerado crime, bem como a divulgação de cenas de estupro. Durante o período carnavalesco, foram registrados dois casos no Estado: contra uma criança de 11 anos, na Praia do Presídio, em Aquiraz; e outro contra uma adolescente de 17 anos, em Caucaia.

Com informações de Ítalo Cosme

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.