VIROSE DA MOSCA NO CEARÁ JÁ REGISTRA QUASE MIL CASOS POR DIA

A Doença Diarreica Aguda (DDA) continua se espalhando por todo o estado do Ceará. Somados todos os municípios, o estado atingiu 32.302 casos da doença, até o último dia 2 — aumento de 55% — de acordo com a planilha de doenças de notificação compulsória, da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa).

A média diária é de mais de 978 notificações. Fortaleza aparece em primeiro lugar, na estatística, com 1.341 notificações. Maracanaú aparece em segundo, com 1.156 registros. Entre os municípios do Interior, Sobral lidera com 1.087 casos da doença anotados até o momento.


O Diário do Nordeste corrigiu a informação de que o Ceará possui cerca de 830 casos de virose da mosca por dia, como foi informado anteriormente. O dado correto é de que o Estado registra média de 978 casos da doença por dia. A publicação foi atualizada às 17h39.

A DDA, popularmente conhecida como “virose da mosca”, é uma doença que pode ser causada por vírus e bactérias. Apesar do “apelido popular”, a mosca não é o principal transmissor da doença. A principal forma de contágio é através do contato interpessoal, seja direto ou indireto (saliva, objetos compartilhados etc.). Por isso, o período de festas carnavalescas requer mais atenção.

A principal forma de prevenção é a higiene. Lavar as mãos constantemente, higienizar bem os alimentos antes do consumo etc, são métodos fundamentais para evitar a infecção da DDA. Caso infectada, a população pode encontrar, nos postos de saúde, sais de reidratação para complementar o tratamento — que é feito basicamente com hidratação (água, suco etc.)

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.