TARADO ARROMBA TÚMULOS PARA MANTER RELAÇÃO SEXUAL COM DEFUNTOS

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso, denunciado por funcionários da Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf) que chegavam para trabalhar durante a manhã.


Segundo as informações, os funcionários identificaram dois túmulos violados. Uma das vítimas estava em estado avançado de decomposição e não foi retirada do caixão.

Já a outra vítima havia sido enterrada há 10 dias e foi retirada de dentro do caixão, levantando suspeitas de necrofilia, que é caracterizado pelo uso do cadáver como objeto sexual.

A criminalística realizou o exame no local e aguarda o resultado, que deve ser concluído nos próximos 15 dias. A Polícia Civil investiga o caso.

O corpo com sinais de abuso sexual, por sua vez, foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina, e a família comunicada sobre o caso.

Conforme Leonilso Jaqueta, superintendente da Acesf, a imagem encontrada pelos funcionários do cemitério foi chocante. O caso está sendo tratado como necrofilia, e a última vez que uma situação desta aconteceu foi ainda na década de 1998, no cemitério Jardim da Saudade.

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.