DEPUTADOS "MADRUGAM" NA ASSEMBLEIA PARA FAZER USO DA PALAVRA

Alguns deputados da Assembleia Legislativa do Ceará decidiram chegar bem cedo na sede do Poder Legislativo para inscrição no pronunciamento do dia. Como só existem seis tempos de até 15 minutos para uso da palavra, durante o chamado Primeiro Expediente, parlamentares, muitas das vezes, madrugam na Casa para se inscreverem. 

Os deputados Delegado Cavalcante (PSL) e Heitor Férrer (SD) foram os primeiros a chegar na Assembleia, o primeiro por volta das 4 horas, e o segundo às 5 horas. Logo em seguida, chegou o petista Acrísio Sena. Em legislaturas passadas era comum que parlamentares chegassem até a meia noite do dia anterior para fazer uso da palavra. Isso ocorria devido a disputa que a oposição fazia por espaços na Casa. 

O petista deve ser o quinto orador, enquanto que Férrer, o sexto, que é o último tempo e o mais disputado, visto que qualquer crítica feita durante os 15 minutos deste tempo dificilmente será rebatida nos momentos seguintes, visto que os próximos pronunciamentos, na chamada Ordem do Dia, se limitam a apenas três minutos. 

O primeiro orador do dia será o deputado Delegado Cavalcante, do PSL, que retorna ao Legislativo cearense depois de uma Legislatura toda distante das atividades parlamentares. Cavalcante foi eleito na onda "Jair Bolsonaro", pois se colocou como um dos principais defensores do presidente aqui no Estado. 

O site da Assembleia mostra ainda que Renato Roseno (PSOL) será o segundo orador do dia e o pedetista Evandro Leitão o terceciro. Romeu Aldigueri (PDT), o quarto. Ex-prefeito de Granja, o Aldigueri fará seu primeiro pronunciamento como legislador.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.