BOLSONARO RETORNA AO HOSPITAL PARA REAVALIAÇÃO

Duas semanas após receber alta, o presidente Jair Bolsonaro voltou ao Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta quarta-feira (27) para exames de reavaliação da cirurgia.


Apesar de ter sido usado o aparato oficial da Presidência para o deslocamento, a informação não consta na agenda do presidente nem foi divulgada pelo Palácio do Planalto, por ser considerado um compromisso pessoal. 

No entanto, o médico Antonio Luiz Macedo confirmou que o presidente passa por exames no local. O Einstein não informou, até o momento, o motivo dos exames e por quais procedimentos o presidente deve passar.

Bolsonaro saiu de Brasília em um avião da FAB às 7h50 e pousou em Congonhas às 9h. Chegou ao hospital de carro por volta das 9h50, pela porta dos fundos.

Este ano, o presidente ficou 17 dias internado no hospital após ser submetido em 28 de janeiro a uma cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal e retirada da bolsa de colostomia. Havia sido internado no dia anterior.

Foi a terceira cirurgia em decorrência do ataque a faca ocorrido em setembro do ano passado, durante ato de campanha eleitoral em Minas Gerais.

À época, a internação durou mais do que o previsto após ser diagnosticado com uma pneumonia. Apesar disso, a equipe médica informou que a evolução clínica foi considerada boa, "sem disfunções orgânicas e com melhora dos exames laboratoriais".

Nesta quarta, foi montado, em torno do hospital, um esquema de segurança à espera da comitiva presidencial, com carros e helicópteros da Polícia Militar.

Bolsonaro volta a Brasília para a reunião do Conselho de Defesa Nacional no fim da tarde.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.