SEDE DO GOVERNO DO ESTADO TEM SEGURANÇA REFORÇADA DURANTE ONDE DE ATAQUES

A série de ataques a prédios públicos e veículos que vem ocorrendo desde a quinta-feira (3) na Capital e no interior fez com a segurança da sede do Governo do Estado tivesse a segurança reforçada. Na madrugada desta sexta-feira (4), o Palácio Abolição, local que abriga o gabinete do governador Camilo Santana, recebeu reforço policial e teve as ruas de acesso interditadas.


As ruas que dão acesso ao Palácio foram interditadas com cones de sinalização durante as primeiras horas desta sexta e equipes da Polícia Militar faziam a vigilância do local.

Este é o segundo dia em que ataques são registrados contra equipamentos públicos e ônibus do transporte coletivo em Fortaleza e Região Metropolitana. Nesta sexta-feira, os ataques se estenderam e municípios do interior também foram alvos de criminosos.

O presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen-CE), o advogado Cláudio Justa, disse acreditar que os ataques criminosos ocorrem em represália à fala do novo secretário de Administração Penitenciária (SAP), Luís Mauro Albuquerque. No dia que tomou posse no cargo, Luís Mauro afirmou que não reconhece facção criminosa no Ceará e que é contra a separação dos detentos por facção criminosa. "Eu não reconheço facção. O Estado não deve reconhecer facção. A lei não reconhece facção”, afirmou.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.