FUNCIONÁRIOS CORTARAM ENERGIA DE FACÇÃO CRIMINOSA E FORAM EXECUTADOS

Dois trabalhadores foram executados após cortarem energia elétrica em um “local proibido”. Na manhã desta terça-feira (15), João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva, que são funcionários da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), foram mortos no Sítio Natureza, nas proximidades do Maiobão, em Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.


As vítimas foram assassinadas a tiros dentro do veículo, um Fiat Uno, de cor branca, com a logomarca da empresa, enquanto trabalhavam. A motivação do crime pode ter sido o corte da energia na casa de um integrante da facção.

De acordo com informações preliminares, os responsáveis pela execução seriam pessoas que são de uma facção criminosa que atua na localidade.

Em nota, a Cemar afirmou que está colaborando com as informações.

ACONTECEU IPU

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.