DENUNCIAS SOBRE ATAQUES CRIMINOSOS CHEGAM A 275 POR DIA

As denúncias relacionadas ao Disque Denúncia sobre ataques criminosos de facções criminosas no Ceará chegam a 275 por dia. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 
Dos dias 2 a 8 de janeiro, as forças de segurança receberam aproximadamente 2.200 denúncias pelo 181 e Disque Denúncia da SSPDS. No balanço total, os dois canais de comunicação receberam a média de 275 denúncias diárias. Também é repassado o WhatsApp da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), no número (85) 98969.0182.

O governador Camilo Santana anunciou medidas por meio do Facebook, nesta sexta-feira, 11, que incluem a autorização da convocação imediata de mais 220 agentes penitenciários e criação de lei de recompensa para que a população denuncie e ajude na prevenção de ações criminosas e prisões dos envolvidos. 

Além disso, uma das ações é a convocação de policiais militares que estão na reserva para o retorno ao trabalho e o aumento de quantidade de horas extras dos agentes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil. 

Passageiros de ônibus denunciaram homens que pretendiam atacar um coletivo na rua Pereira Filgueiras com Nogueira Acioli, no Centro de Fortaleza. Ação foi registrada na noite dessa quinta, e resultou na prisão de suspeitos. A contribuição de moradores e passageiros de ônibus que visualizam situações suspeitas, em conjunto com trabalho das forças de segurança, tem feito com que as ações das facções criminosas sejam inibidas. 

Algumas das ações contra coletivos têm funcionado dessa forma: os criminosos permanecem dentro do ônibus armados de faca ou arma de fogo. Em determinado ponto, eles rendem o motorista e descem do veículo em um ponto específico. Neste local, outros criminosos permanecem até a chegada do coletivo, muitas vezes escondidos, e incendeiam o ônibus.

Na sexta-feira, 4, o mesmo tipo de ação aconteceu na avenida Francisco Sá. Um casal armado abordou o motorista dentro do coletivo e fez com que todos os passageiros descessem próximo aos trilhos. Na ocasião, um grupo de 15 criminosos aguardava o coletivo. O casal ainda realizou disparos contra o ônibus. O restante dos criminosos ateou fogo no veículo. 

Em Maracanaú, de acordo com o tenente-coronel Océlio Alves, a Força Tática realizou prisão de um grupo denunciado por moradores. Segundo a denúncia recebida, os criminosos estavam em um automóvel Gol com recipientes cheios de combustível e buscavam atear fogo em um coletivo. Na avenida Contorno Sul, do Conjunto Industrial, o grupo estava pronto para os ataques. Todos foram presos.

JÉSSIKA SISNANDO

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.