NO CEARÁ, PF PRENDEU 22 EM FLAGRANTE POR COMPRA DE VOTOS E TRANSPORTE IRREGULAR DE ELEITORES

Em balanço divulgado nesta segunda-feira, 8, a Superintendência da Polícia Federal (PF) no Ceará informou que 22 pessoas foram presas em flagrantepelos crimes de compra de votos e transporte irregular de eleitores. O número é referente a este primeiro turno das Eleições 2018, realizado no domingo, 7. 


A operação da PF no Ceará somou ainda o cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão. Além disso, lavrados três Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), com indiciamento de 24 pessoas, a maioria pelos crimes de “boca de urna” e propaganda eleitoral irregular. 

Conforme a superintendente Vanessa Gonçalves informou ao O POVO, dos 24 indiciados, 14 eram da Capital. Uma das ocorrências mais comuns foi a de compra de voto, no qual nove pessoas foram detidas, mas liberadas após pagamento de fiança. 

Foi apreendido total de R$ 37,7 mil em espécie, material de propaganda eleitoral irregular e dois veículos. Durante cumprimento de um mandado de busca e apreensão, também foi apreendida uma arma de fogo. Todo o efetivo policial da PF foi designado em tempo integral para atuar na Capital e no interior do Estado, durante o pleito. 

Brasil

O Ministério da Segurança Pública informou que, de sexta-feira até as 17h deste domingo, no Brasil, foram presas 728 pessoas em decorrência de crimes eleitorais. De acordo com Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública, os crimes mais comuns foram boca de urna, compra de votos, desobediência civil, propaganda irregular e transporte irregular de eleitores. 

Além das prisões, foram registrados 14 crimes contra candidatos; 29 crimes comuns nos locais de votação/apuração; 532 incidentes de segurança nos locais de votação. Foram apreendidos 34 armas de fogo, munições e explosivos; 3,645kg de drogas; 42 veículos decorrentes de crime eleitoral; 260.648 materiais de campanha; R$ 306.783 e US$ 90.679. 

As informações foram apresentadas no balanço da Operação Eleições 2018, monitorada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional do Ministério de Segurança Pública. A atuação nas ocorrências foi realizada pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Força Nacional, polícias militares e polícias civis. 

No País, a PF contabilizou 220 termos circunstanciados e instaurados 51 inquéritos policiais. Além disso, 389 pessoas foram conduzidas à PF pela prática de infrações à legislação eleitoral. Foram realizadas 160 apreensões, totalizando R$ 480 mil em dinheiro e bens. 

Rodovias cearenses

Na Operação da PRF, entre sexta-feira, 5, e domingo, 7, não foram registrados crimes eleitorais em rodovias federais que cortam o Ceará. Apenas ocorrências relacionadas a segurança e trânsito foram percebidas: 2.650 veículos fiscalizados, 23 acidentes e duas mortes. 

Mortes: em Russas, distante 171,2 km de Fortaleza, uma colisão frontal envolvendo dois veículos deixou o condutor de uma motocicleta morto. Em Jaguaribe, a 293,6 km da Capital, um motorista de caminhão saiu da pista e acabou tombando o veículo por volta das 4 horas do domingo. 

Armas e veículos apreendidos: um revólver calibre .32 foi encontrado às margens do quilômetro 342 da BR-116 e um ciclomotor conduzido por um homem foi identificado como roubado. 

A PRF informa ainda que foram realizados 581 testes do bafômetro, lavrados 599 autos de infração e recolhidas sete Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 69 CRLVs (registro do veículo). Além disso, 333 pessoas foram sensibilizadas em ações educativas para o trânsito.

O POVO

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.