DATAFOLHA: BOLSONARO LIDERA COM 35%, SEGUIDO POR HADDAD COM 22% E CIRO COM 11%

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada na noite desta quinta-feira (4) pelo "Jornal Nacional", apontou Jair Bolsonaro (PSL) com 35% das intenções de voto, seguido por Fernando Haddad (PT) com 22%, Ciro Gomes (PDT) com 11%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 8% e Marina Silva (Rede) com 4%. 


Na sondagem anterior, divulgada na última terça-feira (2), o Datafolha mostrou Bolsonaro com 32%, Haddad com 21%, Ciro com 11%, Alckmin com 9% e Marina com 4%. 

O Datafolha entrevistou 10.178 eleitores em 389 municípios. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha e TV Globo. Esta é a penúltima pesquisa presidencial do Datafolha antes das eleições do próximo domingo (7). A última está prevista para ser divulgada no sábado (6).

O instituto também divulgou as taxas de rejeição: o capitão reformado também lidera com 45%, depois vem Haddad com 40%, Marina com 28%, Alckmin com 24% e Ciro com 21%. Nas simulações de segundo turno, há cenário de empate técnico entre Haddad (43%) e Bolsonaro (44%). Apenas Ciro tem potencial para derrotar Bolsonaro por placar de 48% a 42%, segundo o Datafolha. 

Considerando somente os votos válidos (sem incluir na amostra os votos brancos e nulos), Bolsonaro aparece com 39%, à frente de Haddd com 25%, Ciro com 13%, Alckmin com 9% e Marina com 4%. Esse indicador é importante para avaliar a chance de vitória ainda primeiro turno. O vencedor teria de atingir 50% dos votos válidos mais um. 

Debate na Globo 

Na noite desta quinta-feira, haverá o debate da TV Globo. Ciro e Haddad já se encontram no mesmo hotel no Rio de Janeiro, com suas equipes na Barra da Tijuca. Os dois passaram o dia em reuniões se preparando para o último embate entre os candidatos antes do primeiro turno. 

Segundo assessores, Haddad fará um discurso mais firme do que o habitual no ataque a Bolsonaro, enquanto Ciro apostará na tese de que é o único capaz de vencer o capitão reformado em um eventual segundo turno. O debate da TV Globo começa após a novela das 21h. 

Parte do staff do PSL também está instalada no mesmo hotel que Haddad e Ciro, localizado a poucos metros do condomínio onde mora o capitão reformado. Ele, porém, não irá ao debate por recomendação médica, após sofrer uma facada no início de setembro.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.