CEARENSE QUE DESAPARECEU EM SÃO PAULO APÓS RELATAR AMEAÇA É REENCONTRADO

Desaparecido em São Paulo desde o dia 2 de outubro, Jadson Pereira, de 20 anos, foi reencontrado por colegas de trabalho na cidade de Taubaté (SP), nesta quinta-feira (11). O jovem é natural de Itatira, no norte do Ceará, e resolveu se mudar para São Paulo no último mês de agosto, para trabalhar como vendedor de amendoim nas praias de Ubatuba. 


Familiares de Jadson informaram que a irmã, Mirislena Pereira, está a caminho de Taubaté para trazer o irmão de volta a Itatira. O colegas do jovem o ajudaram a gravar um vídeo onde tranquilizava a família. 

Postagem em rede social

Antes de ser reencontrado, Jadson foi visto pela última vez na Rodoviária do Tietê, na capital paulista. Ele iria retornar à sua cidade natal. Segundo a família, Jadson foi para São Paulo em agosto deste ano para trabalhar. Estava empolgado com o emprego, mas antes de decidir retornar a Itatira, declarou que estava com saudades dos parentes e da cidade natal.

Na terça-feira (2), às 4h da manhã, Jadson Pereira publicou em uma rede social uma mensagem com tom de despedida para família “Mim perdoa mãe vão mim matar (sic)”, dizia a publicação, que mobilizou os colegas do jovem, que começaram a buscar pelo cearense. Foram em hospitais e IMLs, mas não havia informações sobre ele.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.