BOLSONARO DIZ QUE NÃO CONCORRER À REELEIÇÃO DEPENDE DE REFORMA POLÍTICA

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou em entrevista à uma emissora de TV nesta segunda-feira (29) que a possibilidade de não concorrer à reeleição depende da aprovação da reforma política pelo Congresso Nacional.


"A possibilidade de não concorrer à reeleição é se a gente conseguir fazer um grande acordo para aprovar a reforma política. Não é apenas 'eu não vou concorrer a reeleição'", afirmou.

No dia 20 de janeiro, no intervalo das gravações de seu programa eleitoral no Rio de Janeiro, Bolsonaro havia prometido trabalhar pelo fim da reeleição.

"O que eu pretendo fazer, tenho conversado com o Parlamento também, é fazer uma excelente reforma política para acabar com o instituto da reeleição, que no caso começa comigo, se eu for eleito", afirmou na ocasião.

Após a eleição, ele manteve a fala de que está disposto a colaborar com o fim da continuidade do mandato.

"Se pudermos colaborar numa boa reforma política eu estou disposto a oferecer a não mais a possibilidade da reeleição", afirmou.

Como deputado federal, Bolsonaro assumiu o primeiro mandato em 1991 e foi reeleito seis vezes para o cargo.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.