ACADEMIA FECHA AS PORTAS SEM AVISAR E DEIXA ALUNOS REVOLTADOS

Cerca de 60 alunos de uma academia no bairro Maraponga, em Fortaleza, tomaram um susto na segunda-feira (22) ao chegarem para praticar exercícios e se deparar com as portas do local fechadas. Segundo os clientes, em nenhum momento eles foram avisados sobre o encerramento das atividades e agora estão se sentindo prejudicados porque muitos pagaram planos anuais. Ao todo, cerca de 500 pessoas faziam exercícios no espaço.


Aurineide Pereira foi diagnosticada com fibromialgia, dor muscular generalizada e, por orientação médica, decidiu pagar um plano de 6 meses para ela e de 1 ano para o marido. Desesperada e chorando, ela disse que já estava se sentindo melhor das dores e que não vai poder pagar outra academia por não ter condições financeiras. 

"É muita revolta com isso aqui. Eu não consigo me conformar, porque eu paguei por um serviço que eu não vou ter", disse.

O engenheiro Romero Acioly fez o plano anual para ele e para a esposa e procurou o dono da academia até em sua residência, mas ainda não o encontrou. "Nós fomos até a casa dele, mas não conseguimos encontrá-lo. Agora vamos atrás dos nossos direitos. Eu fiz boletim de ocorrência e vou até a justiça também". 

A professora Michele Queiroz confirmou que não teve nenhum esclarecimento por conta da empresa. Ela também fez o plano anual para ela e para o filho no valor de R$140,00. "Estou me sentindo lesada, eu passei meu cartão e só usufrui um mês. Agora eu vou ver se a operadora cancela", afirmou.

A reportagem tentou entrar em contato com o dono da academia, mas ele não atendeu as ligações.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.