LADRÃO ROUBA CELULAR, É AGREDIDO E PEDE DESCULPAS: 'ME ADICIONA NO FACE'

Um ladrão foi agredido e pediu desculpas à vítima após furtar seu celular em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite de quarta-feira (19). O criminoso foi perseguido por familiares da vítima, uma fotógrafa de 28 anos, alcançado, agredido e levado de volta ao local do crime. Ele pediu à vítima que o adicionasse no Facebook para proceder ao pagamento dos danos causados ao aparelho.


"Ele veio com uma mão embaixo da camiseta, indicando que estava armado. Meu tio e minha tia ficaram parados, assim como eu. Ele pediu meu celular, e fui tirando devagar as coisas da bolsa. Quando ele estendeu a mão, percebi que não havia arma", conta a fotógrafa, que pediu para não ser identificada, em entrevista ao G1.

Após gritar, o ladrão saiu correndo do local levando apenas o celular. O tio e primo da fotógrafa, além de dois funcionários da concessionária de energia, saíram atrás do criminoso, que foi capturado. Em meio à perseguição, o ladrão jogou o celular no chão e quebrou a tela do aparelho.

Momentos depois, a jovem ficou surpresa quando viu o tio e o primo voltando com o ladrão, ferido no rosto e bastante assustado. "O cara chegou perto de mim, juntou as mãos e pediu desculpas, perdão. Ele me disse, ainda, que fazia questão que eu o adicionasse no Facebook, para que ele pudesse pagar os danos ao celular".

Após o pedido de desculpas, o homem foi liberado e saiu andando do local. A orientação das polícias Militar e Civil é que, em casos como esse, as vítimas não reajam e peçam ajuda pelo telefone 190 ou em uma delegacia.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.