DEPUTADO GONY ARRUDA COMUNICA DESISTÊNCIA À REELEIÇÃO

O deputado estadual Gony Arruda (PP) não é mais candidato à reeleição. Ele é o sexto integrante da Assembleia Legislativa cearense que desiste de disputar um novo mandato, em outubro. Gony não falou publicamente sobre os motivos que levaram à desistência, mas, para correligionários, apontou a perda de colégios eleitorais, em alguns municípios do Estado, para integrantes da própria base governista.


Gony Arruda exerce o quinto mandato parlamentar consecutivo. Ele foi eleito pela primeira vez em 1998, tendo como base política o Município de Granja, na Zona Norte do Estado, onde o seu pai, Esmerino Arruda, já falecido, comandava a política, inclusive, exercendo o mandato de prefeito municipal em mais de uma oportunidade. Esmerino também foi deputado federal.

A derrocada política de Gony começou quando um primo dele, Romeu Aldigueri, venceu a disputa pela Prefeitura de Granja em 2012 e assumiu a liderança política local, tendo como principais adversários os pais de Gony. Também contribuiu para a sua perda de força naquela Região o crescimento político do deputado Sérgio Aguiar, antes de Aldigueri, o seu principal concorrente. Neste ano, Aldigueri quer ser deputado estadual.

A deputada Mirian Sobreira (PDT) foi uma das primeiras parlamentares a anunciar, em abril passado, que não disputaria a reeleição, em função de problemas de saúde, mas, no seu lugar, lançou a candidatura do filho, Marcos Sobreira (PDT).

Outros

Na Assembleia, antes dos acertos das coligações e da definição das candidaturas, já era sabido que os deputados Joaquim Noronha (PRP) e Odilon Aguiar (PSD) não disputariam novamente. O deputado Manoel Santana (PT), embora suplente, mas no exercício do mandato parlamentar, foi outra desistência conhecida. Ele chegou a comunicar que estava saindo da disputa para permitir a entrada do filho, Guilherme Santana (PCdoB), no pleito.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.