CROATÁ: COM UMA NOVA DENUNCIA, MP PEDE DEVOLUÇÃO DE MAIS DE R$ 8 MILHÕES.

A saga de notícias de uso indevido de dinheiro público em Croatá tem mais um capítulo que trazemos a público, para que os croataenses tomem conhecimento da forma indevida como foi utilizado o dinheiro dos cidadãos na administração passada. 


Nossa reportagem teve acesso na tarde desta quarta-feira, 22, a mais uma ACP (AÇÃO CIVIL PÚBLICA POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA), no município de Croatá, ocorrido no período em que o prefeito era Antonio Onofre. Com esta, são quatro as ACP´s a que tivemos acesso e segundo nossa fonte, não para por aqui. 

Os desmandos e excessos supostamente cometidos por membros da administração do ex-prefeito Antonio Onofre, são ainda alvos de investigações em curso e/ou em conclusão por parte do Ministério Público do Estado do Ceará.

Nesta quarta ACP a que tivemos acesso, que está concluída e enviada a Justiça da Comarca de Croatá, o dinheiro a ser devolvido, caso este seja o entendimento da justiça, é exatamente de R$ 6.005.402,12 (SEIS MILHÕES, CINCO MIL, QUATROCENTOS E DOIS REAIS E DOZE CENTAVOS).

Se somarmos esse valor, ao valor citado das três primeiras ACP´s que citamos ontem em reportagem, que era de R$ 2.228.492,02 (Relembre a matéria de ontem), chegaremos ao valor extrapolante de R$ 8.233.894,14 (OITO MILHOES, DUZENTOS E TRINTA E TRÊS MIL, OITOCENTOS E NOVENTA E QUATRO REAIS E QUATORZE CENTAVOS), uma média de mais de dois milhões de reais por cada ação.

Assim como nas três primeiras ACP´s, o Promotor solicitou  a Justiça da Comarca de Croatá que seja declarada a improbidade dos atos praticados, a plicação das sanções e/ou penalidades  depois da condenação prevista na legislação, sendo decretada a indisponibilidade dos bens e/ou valores dos autores, para o ressarcimento integral dos danos ao erário, ou seja, a devolução do dinheiro utilizado de forma indevida, aos cofre públicos do município de Croatá. 

As ACP´s movidas pelo Ministério Público contra vários membros da administração de Antonio Onofre, estão em analise pela Justiça da Comarca de Croatá, não havendo até o momento, pelo que sabemos, nenhuma decisão referente aos casos, portanto, manteremos a mesma coerência de não divulgarmos os nomes dos acusados até que uma decisão judicial seja proferida, para não prejudicar a imagem de nenhum dos promovidos que estão sendo acusados de improbidade, e que em caso de condenação, devolverão milhões de reais ao município de Croatá. 

ESTAMOS DE OLHO... 

DIRETO DA REDAÇÃO POR CYRO LEOPOLDO

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.