COMPETIDOR DE SINUCA É MORTO E OUTRO FERIDO EM ABORDAGEM POLICIAL

Dois homens foram alvejados a tiros, na madrugada desta quarta-feira (1º), por equipes da Polícia Militar, no Município de Campos Sales. Uma das vítimas, identificada como José Messias Guedes Oliveira, de 35 anos, morreu ainda no local. As vítimas são natural da Paraíba e se deslocavam para uma competição de sinuca.
 
 
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os disparos aconteceram após os homens não obedecerem ao sinal de parada dos PMs. Os policiais receberam denúncia anônima de que os homens estariam em atividades suspeitas próximo a um posto de combustível. A Pasta informou ainda que nenhuma das vítimas tinha antecedentes criminais.

Em entrevista ao Diário do Nordeste, Zezinho Gonzaga, amigo das vítimas, afirmou que a confusão por parte das autoridades aconteceu devido ao denunciante anônima ter dito que viu armas de grosso calibre dentro do veículo, enquanto, na realidade, era uma mala de tacos de sinuca.

Relatos dos policiais que atenderam a ocorrência dão conta que ao chegar ao local da possível ocorrência, viaturas iniciaram uma perseguição contra ocupantes de um veículo Corolla, que vinha em mão contrária a da via. Mesmo com sinais sonoros ligados, o condutor não teria reduzido a velocidade.

A SSPDS informou que os militares solicitaram apoio de outras viaturas para montar um bloqueio policial na entrada de Campos Salos, mas, o motorista do Corolla teria acelerado o carro em direção às viaturas. Neste momento, os policiais atiraram contra o automóvel e a fuga foi interrompida.

A vítima que não resistiu aos ferimentos foi atingida no abdômen e chegou a ser socorrida pelos militares. Era Messias quem conduzia o veículo Corolla. O passageiro do carro foi ferido de raspão no pescoço e conduzido para uma unidade hospitalar. Não foram encontradas armas no veículo.

De acordo com a Pasta, foi instaurado um inquérito policial na Delegacia Municipal de Campos Sales, para apurar as circunstâncias da ocorrência A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), responsável pelos casos que envolvem erros de policiais, informou que determinou "a instauração do competente procedimento disciplinar, para devida apuração na seara administrativa referente ao caso ocorrido no município de Campos Sales". 
 
DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.