ALCKMIN CONFIRMA ANA AMÉLIA COMO VICE

O pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, 65, confirmou, ontem à noite, que terá como vice a senadora Ana Amélia (PP-RS).


"A vice dos sonhos é Ana Amélia. Eu consegui", afirmou o presidenciável durante a sabatina do canal de TV GloboNews com os postulantes mais bem pontuados no Ibope. O tucano aparece com 6% das intenções nos cenários sem Lula.

Questionado se ficaria refém dos partidos do "Centrão" (PP, DEM, PR, PRB e Solidariedade), Alckmin negou a possibilidade.

"Os partidos que vieram me apoiar sabem aquilo que eu defendo", disse o tucano, acrescentando que não aceitará indicações políticas para agências reguladoras. Sobre a qualidade de suas alianças com siglas que incluem condenados na Lava-Jato, Alckmin justificou que há bons quadros em todos os partidos. "Se alguém cometeu ilícito, vai responder. A lei é para todo mundo", comentou.

Perfil

Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho nasceu no dia 7 de novembro de 1952, em Pindamonhangaba (interior paulista), onde foi eleito vereador e prefeito, antes de ocupar vaga na Assembleia Legislativa em 1982 e de virar deputado federal (1986-1990) e constituinte. Entre 1991 e 1994, presidiu o PSDB, sigla que ajudou a fundar.

Formado em Medicina, o tucano é o governador de São Paulo que mais tempo ocupou o cargo: pouco mais de 12 anos à frente do Palácio dos Bandeirantes, entre idas e vindas (entre 2001 e 2006 e de 2011 a 2018). Alckmin foi derrotado em 2006 pelo então presidente Lula (PT), que acabou reeleito no 2º turno.

Último sabatinado

Hoje, as 22h30, o último sabatinado será Jair Bolsonaro (PSL). Preso em Curitiba, Lula (PT), líder nas pesquisas, não participará da sabatina, pois está impedido de gravar vídeos pela Justiça.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.