CIRO DIZ QUE FOI 'MAL INTERPRETADO'

Ananindeua. Após ser criticado por juristas e analistas, o candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) afirmou que as declarações de que, se eleito, colocaria o Judiciário e o Ministério Público de volta em suas "caixinhas" foram tiradas de contexto para gerar intrigas.


Na ocasião, também disse que o o ex-presidente Lula "só teria chance de sair da cadeia se a gente assumir o poder". As declarações foram dadas em Ananindeua, no Pará, onde o candidato participou da convenção estadual do seu partido, ontem.

No Pará, Ciro disse que essa declaração foi tirada do contexto. "Quando eu disse a gente, eu não quis dizer eu. Quis dizer os democratas, os que têm compromisso com o Estado democrático de direito, com o restabelecimento da autoridade, do império da lei que, no Brasil, parece estar completamente deformada". Segundo ele, o termo caixinha foi uma figura de linguagem usada para explicar que Judiciário e Ministério Público "não podem se meter em tudo".

"Isso é uma expressão que todo mundo conhece. Só a fraude tenta fazer esse tipo de intriga. No Brasil, está cada um trabalhando fora da sua caixa", disse.

'Ajuda de Deus'

Ciro procurou demonstrar tranquilidade pela ausência de uma aliança com os partidos do Centrão, que fecharam um acordo com Geraldo Alckmin (PSDB). O pedetista, no entanto, tentou atrair o bloco para sua candidatura. "Acho que Deus está me ajudando", respondeu Ciro, em Ananindeua, no Pará, quando perguntado por um jornalista se estava mais tranquilo sem o Centrão. Na sequência, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que Ciro não gostaria de estar no lugar de Alckmin. "Com certeza, não. É água e azeite, não se cruzam. Não dá para gente entender o que houve. Aliás, eu prefiro não entender, fica melhor e mais simples", declarou Lupi.

Ciro foi ao Pará para a convenção estadual do partido no Estado. Em seu discurso, ele atacou partidos vinculados ao governo de Michel Temer. "Quem andou respondendo por crimes não vai se reciclar na política. A política não é meio de vida para bandido", disse o presidenciável.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.