CÂMARA MUNICIPAL DO RIO REJEITA ABERTURA DE IMPEACHMENT CONTRA CRIVELLA

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro rejeitou, em sessão extraordinária realizada na tarde desta quinta-feira (12), a abertura do processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB). O pedido foi barrado por 29 votos a 16.


Para barrar o pedido de admissibilidade do processo de impeachment, os vereadores pró Crivella precisavam conseguir apenas 26 votos, já que era exigida maioria simples para aprovação ou rejeição. A sessão de votação começou às 14h desta quinta-feira. O prefeito do Rio era acusado dos crimes de responsabilidade e improbidade administrativa por oferecer supostas vantagens a fiéis de sua Igreja.

Em reunião fechada no Palácio da Cidade, na semana passada, Crivella ofereceu a líderes religiosos ajuda para obter cirurgias de catarata e varizes, pelo SUS, para fiéis. O prefeito também acenou com a possibilidade de ajuda a pastores com problemas para obter a isenção legal de pagamento de IPTU para seus templos.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.