MORADORES FAZEM PROTESTOS PARA IMPEDIR DERRUBADA DE ÁRVORES CENTENÁRIAS

Na manhã deste sábado, 12, uma ação chamou a atenção dos moradores de Cascavel, no interior do Ceará. A derrubada de mais de 30 árvores centenárias, consideradas patrimônio cultural e ambiental da Cidade, movimentou ativistas e a população local. Na propriedade privada estavam fixadas 32 árvores, que estão sendo arrancadas para dar lugar a um shopping no Centro de Cascavel. 


A empresa responsável pela construção do novo empreendimento comercial já recebeu o laudo da Semace para realizar a retirada, desde que replante o mesmo número de árvores, para compensar a supressão das espécies retiradas do terreno.

A professora Patrícia Cândido, natural de Cascavel, foi uma das que resolveu se manifestar contra a ação. A militante se colocou na frente das escavadeiras para tentar parar o trabalho das máquinas. “A Cidade já vem com histórico grande de desmatamento desde o ano passado. Uma ação como esta é totalmente fora das ideias de sustentabilidade”, pontua a professora.

Alguns moradores, juntamente com Patrícia, estão fazendo uma vigília para tentar impedir a derrubada de 3 árvores restantes no terreno. Das 32, restaram apenas dois Benjamins frondosos e uma Mangueira. As máquinas já pararam os serviços por hoje, mas as atividades devem ser retomadas posteriormente. 

“Eles podiam viabilizar um projeto em que a construção preservasse estas árvores, que estão aqui muito antes de nós. Mesmo com o replantio, estas espécies não são do tipo que vingam após dois meses, são árvores centenárias”, sugere Patrícia.

A equipe do O POVO Online procurou o titular da Secretaria do Meio Ambiente de Cascavel, Clodoaldo Uchoa, mas não houve retorno até a publicação desta matéria. 

O POVO

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.