MOTORISTA DA EMPRESA GUANABARA FAZ DENÚNCIA POR EXCESSO DE TRABALHO ANTES DA TRAGÉDIA QUE MATOU 9 PESSOAS; ASSISTA O VÍDEO

O Jornal de Brasília divulgou nessa sexta-feira (16), uma denúncia do motorista da Expresso Guanabara sobre excesso de trabalho. O motorista identificado por Décio aparece em um vídeo gravado em dezembro do ano passado, há dois meses, antes da tragédia que envolveu um ônibus da empresa e matou nove pessoas.


De acordo com a denúncia, o motorista ficou aguardando acordado a chegada do transporte por 14 horas, e seguiria dirigindo por mais 8 horas, totalizando 22 horas sem dormir. “Nós estamos jogados a Deus dará”, diz Décio.

Em Cajazeiras, de onde partiu o transporte que se envolveu no acidente em Brasília, o vereador Marcos Barros (PSB) e um passageiro denunciaram no mês passado, o descumprimento de acordo entre a Guanabara e o Ministério do Trabalho, depois do acidente que matou 7 pessoas em Sousa, no ano de 2012.

Na época, a empresa se comprometeu em colocar dois motoristas para o longo percurso entre Cajazeiras e João Pessoa. A empresa, porém, não quis se pronunciar sobre o caso.
Veja o diz o Jornal de Brasília!

Um vídeo em que aparece um motorista da Expresso Guanabara — empresa que esteve envolvida no acidente que deixou nove mortos na BR-020 — reclamando das condições de trabalho na companhia levanta questionamentos sobre a tragédia da última quinta-feira (15). Nas imagens, publicadas no YouTube em dezembro do ano passado, o condutor, identificado como Décio, denuncia que os funcionários são submetidos a jornadas excessivas, apontando “falta de comprometimento” por parte da empresa.

“Eu estou desde 20 horas aqui esperando esse carro. Chegou agora quase uma hora da manhã. Guanabara não está tendo compromisso com seus passageiros nem com seus motoristas. Porque eu vou pegar esse carro agora, vou dirigir oito horas pra Barreiras. Já vai fazer 14 horas que eu vou estar acordado. Eu cheguei essa madrugada, eu estou voltando no mesmo dia. Aqui em Goiânia e Brasília, nós estamos jogados a Deus dará”, diz Décio.



DIÁRIODOSERTÃO

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.