FERROVIÁRIO RECEBE O VILA NOVA-GO PELA COPA DO BRASIL E CHAMA A TORCIDA

Com a memória ainda fresquinha do último feito pela competição, que foi a eliminação do Sport/PE em plena Ilha do Retiro, o Ferroviário esquece um pouco o Campeonato Cearense para se dedicar outra vez à Copa do Brasil. Os corais recebem hoje, no PV, às 20h30 o Vila Nova/GO, em confronto pela terceira fase, na qual não haverá critério de gol fora de casa, apenas o saldo de gols.


Será um confronto inédito entre as duas equipes, o que é uma atração a mais para o torcedor coral na noite de hoje. O pensamento dos corais é chegar a um resultado satisfatório, que dê um pouco mais de tranquilidade para o duelo de volta, marcado para o dia 15 de março, às 20h30 no Estádio Serra Dourada.

Para o técnico do Ferroviário, Ademir Fonseca, o clube não deve se ater mais ao que passou, que foi a vitória contra o Sport, nas penalidades máximas, quando sua equipe se classificou: "Aquela vitória teve um peso muito grande, pela forma como aconteceu, mas nós já avançamos e temos um novo desafio, que é uma Vila Nova. Eu conheço bem a equipe, o ambiente, os jogadores, assisti a vídeos, viajei, observei e vamos enfrentar uma forte equipe, que brigou para subir para a Série A no ano passado. Tem um treinador competente e criterioso e mescla jogadores experientes com garotos da base", comentou Ademir Fonseca.

O volante Janeudo entende que o Ferrão tem que pensar sempre para o alto: "O Ferroviário está hoje em outro patamar e vem crescendo muito desde à chegada do professor Ademir Fonseca, que deu continuidade ao trabalho iniciado pelo técnico anterior, Carlos Rabello. Temos tudo para conseguir a vitória, respeitando o Vila Nova".

Ademir Fonseca comandou treino coletivo ontem à tarde no Estádio Elzir Cabral, quando não contou apenas com o atacante Mota, que sente cansaço muscular. O atleta ficou no hotel, e segue como dúvida para o jogo. Se não jogar, poderá entrar Valdeci ou Luís Soares.

Vila Nova

Invicto há 12 partidas, entre o Campeonato Goiano e Copa do Brasil, o Vila Nova terá o retorno do atacante Reis e do lateral-direito Maguinho. Por sua vez, o lateral Gastón Filgueira, ex-Fortaleza, já está recuperado de uma fratura nas costelas e já foi titular no clássico contra o Atlético Goianiense. O técnico Hemerson Maria orientou treino em Carlos de Alencar Pinto e mantém a base de sua equipe.

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.