CROATÁ: POLÍCIA MILITAR REGISTRA CRIME DE TORTURA DENTRO DA CADEIA PÚBLICA

Nesta segunda-feira dia 19 de fevereiro de 2018 por volta de 10h00 na Cadeia Pública da Cidade de Croatá-Ceará, foram conduzidos os detentos: Antônio Douglas França Alves, Tiago Ferreira Mendes, Robson Sancho Maciel Lucas e Romário Lopes Silva para Delegacia de Polícia Civil da Cidade de Guaraciaba do Norte, que os referidos detentos vinham ameaçando de morte, agredindo e torturando os detentos Juarez Alves Melo e Raimundo Agapito Bezerra no interior da cela número 01 na respectiva Cadeia.


Segundo declarações do detento Raimundo Agapito e Juarez que além dos espancamentos, recebia choques elétricos, declarou também que os detentos agressores mandaram se caso perguntasse sobre as agressões teriam que acusar os Agentes Penitenciários e Policiais Militares.

O motivo da TORTURA é que os detentos agressores não aceitavam a condição de o detento Raimundo Agapito responder pelo crime de estupro e sobre o detento Juarez ser um possível X9, ou seja, suspeito de delatar aos agentes penitenciários fatos que ocorriam entre os detentos. 

Os Policiais Militares do Destacamento Sargento Menezes, Cabo Teixeira e Solado Almeida na viatura 3542 fizeram a condução dos detentos onde foram autuados pelo Delegado Fábio Pessoa no artigo 1º da Lei nº 9.455/1997 - Tortura, em seguida recolhidos novamente na Cadeia Pública. Os detentos vítimas de tortura foram colocados em outra cela por medida de segurança.


IPAPORANGANOTÍCIAS

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.