HOMEM É FLAGRADO ESTUPRANDO CRIANÇA DE 10 ANOS DENTRO DE PISCINA NO CONDOMÍNIO DE LUXO; CONFIRA O VÍDEO

Um limpador de piscinas, identificado como Jacson Barros de Souza, foi apresentado na última sexta-feira (10) após ter sido pego em flagrante estuprando uma criança de 10 anos em uma piscina de um condomínio de luxo no bairro Dom Pedro, no centro de Manaus, capital do Amazonas. Um pessoa, que não quis ser identificada, fez um vídeo do ato criminoso e entregou à polícia, que capturou o suspeito. Além de ter abusado da criança na gravação, Jacson é acusado de ter estuprado outras duas crianças, de 9 e 13 anos. 


O homem foi apresentado à imprensa ainda na sexta, após ter sido preso na terça-feira (7). No entanto, o criminoso não quis comentar as acusações. A delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), contou que o homem utilizava a igreja para convencer as mães de que era um bom sujeito e assim, conseguir a confiança para ficar sozinho com as vítimas. 

Juliana comenta que Jacson "captava" as crianças para participar de uma ação na Igreja Católica. Para conquistar a confiança da mãe e dos familiares, dava alguns presentes, muitas vezes caros. Ao final de tudo, informava aos familiares que as vítimas haviam sido escolhidas para serem coroinhas da igreja. Após a prisão, a delegada pediu que outras pessoas que sabem de mais casos entrem em contato com a Depca. Além das três crianças, as autoridades acreditam que o pedófilo teria abusado de um número maior de vulneráveis.

O suspeito foi preso em casa, ainda na terça-feira. Conforme informações dos policiais, no local foram apreendidos materiais que Jacson utilizava para filmar alguns abusos, como uma filmadora e outras materiais de mídia. As peças estão sendo analisadas pela perícia, para ver se existe algo que possa entrar nas investigações. 

Ainda em 2014, Jacson havia trabalhado no mesmo condomínio de luxo. Depois de três anos, o homem voltou a ser contratado por um dos proprietários do local para realizar a limpeza da piscina. O criminoso foi indiciado por estupro de vulnerável e foi levado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).




FOLHAMAX

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.