SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NEGA PEDIDO DE LULA CONTRA O JUIZ SÉRGIO MORO

A 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou mais um recurso da defesa do ex-presidente Lula para que fosse decretada a suspeição do juiz Sérgio Moro no caso do tríplex do Guarujá.

Resultado de imagem para LULA E SÉRGIO MORO

Trata-se de um entre diversos pedidos de suspeição feitos pelos advogados de Lula contra Moro, que em julho condenou o ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal, já havia negado o pedido de suspeição contra o magistrado.

Na semana passada, a 5ª Turma do STJ rejeitou, por unanimidade, o recurso contra a decisão do TRF4, seguindo o entendimento do relator Felix Fischer, que em setembro já havia negado monocraticamente o recurso.

Ao concordar com o TRF4, os ministros do STJ entenderam que, para analisar a pretensão da defesa, seria preciso reexaminar as provas do processo que levou à condenação de Lula, o que não seria possível dentro de um recurso especial.

Para embasar seu pedido, a defesa de Lula havia alegado que Moro demonstrou parcialidade na ação penal que levou à condenação do ex-presidente, ordenando conduções coercitivas e interceptações telefônicas ilegais, bem como levantado ilegalmente o sigilo profissional dos advogados do petista ao grampear seus telefones.

Já o desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região Néviton Guedes concedeu liminar para suspender os interrogatórios de Lula e de seu filho, Luís Cláudio, marcados no âmbito da Operação Zelotes.

Ontem, Lula reforçou o discurso de que irá se eleger novamente presidente em 2018 se não for impedido judicialmente de participar das eleições, em comício em Padre Paraíso (MG). Ele visitará mais 6 cidades antes de chegar a Belo Horizonte, no dia 30.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.