MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ACUSA SÉRGIO CABRAL POR PROPINA DE R$33 MILHÕES

O Ministério Público Federal no Rio apresentou nova denúncia contra o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) pelo suposto recebimento de US$ 10,4 milhões, cerca de R$33 milhões, em propina. 

Resultado de imagem para SÉRGIO CABRAL

Além de Cabral, preso desde novembro de 2016, a Procuradoria da República acusa o empresário Arthur Cesar de Meneses Soares Filho, conhecido como "Rei Arthur", e mais cinco. 

"Rei Arthur" é acusado de fazer os pagamentos a Cabral em troca de benefícios do ex-governador em contratos de sua empresa.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.