GOVERNO FEDERAL GARANTE SOMENTE 20% DA VERBA NECESSÁRIA PARA CIÊNCIAS

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) irá receber mais R$ 440 milhões do governo federal em 2017 e promete priorizar os bolsistas com a quantia. O valor descontingenciado, contudo, representa somente 20% dos R$ 2,2 bilhões que eram esperados para o resto do ano.

Do montante, R$ 102 milhões são destinados ao projeto Sirius, ao satélite SGDC e àRede Nacional de Ensino e Pesquisa.

O valor restante de R$ 338,4 milhões "será destinado, prioritariamente, ao pagamento de bolsistas, de maneira a evitar que impactos significativos venham a ser observados", afirma o MCTIC, em nota.

O ministério diz que continua trabalhando pela recomposição do orçamento de 2017 e que "os valores para 2018 ainda estão sendo discutidos e não há um detalhamento sobre cortes ou aumentos no orçamento da pasta".

Marcha pela ciência

Uma nova manifestação contra os cortes na ciência ocorrerá neste domingo (8), às 15h, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), em São Paulo.

Será a terceira edição da Marcha pela Ciência, desta vez organizada pela Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp) e pela Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APQC).

A primeira edição da marcha, em abril, acompanhou um movimento mundial contra os "fatos alternativos". A edição brasileira, contudo, incluiu na pauta os cortes de orçamento, o que teve continuidade na segunda manifestação.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.