MULHER É PRESA ACUSADA DE TENTAR VENDER A PRÓPRIA FILHA PARA COMPRAR CRACK

Policiais do Grupo de Ações Tática do Interior (Gati) prenderam, neste final de semana, no município de Barra dos Coqueiros, na região metropolitana de Aracaju, a dependente química Amarílis Santos Nogueira, 29, que tentava vender a filha, ainda bebê, para comprar crack. O Gati chegou até a mulher depois de denúncia de populares, que informaram que Amarílis estava oferecendo a menina.

Resultado de imagem para EM SERGIPE Mulher é presa acusada de tentar vender a própria filha para comprar crack

O trabalho do Gati foi feito em parceria com o Conselho Tutelar da Barra. Os policiais foram informados que a Justiça já havia determinado a busca e apreensão da bebê, concedendo a guarda provisória à sua avó materna. 

De acordo com as investigações, Amarílis teria ameaçado de morte a própria mãe. Uma porção de maconha, quatro cachimbos e um papelote foram encontrados em posse de Amarílis. Ela foi conduzida à Delegacia Plantonista da Zona Norte.

No site do Tribunal de Justiça de Sergipe, ao consultar o número do processo 201690003282, que determina a busca e apreensão da bebê, a indicação é que o caso corre em segredo de Justiça. O telefone indicado para o Conselho Tutelar da Barra dos Coqueiros parece com defeito ou inexistente, porque a ligação não chega a ser completada.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.