MENINO DEFICIENTE É DEIXADO NO CORREDOR DA ESCOLA ENQUANTO A TURMA VAI AO CINEMA

Um relato emocionante no facebook mostra uma mãe que desabafou sobre como seu filho cadeirante é tratado na escola municipal onde estuda, na capital mineira. O garoto de 9 anos, que está no terceiro ano do ensino fundamental, tem paralisia cerebral, foi deixado no corredor do colégio das 7h às 11h20 do último dia 29, enquanto o restante da turma foi levado ao cinema. Episódios assim são recorrentes, segundo a mãe, Adriane Cruz. E isso acontece muito embora a escola seja considerada “inclusiva”.

A publicação já ultrapassou os 4 mil compartilhamentos, e causou tamanha revolta, tendo 5,4 mil reações, a maioria delas de tristeza e raiva.

“Ainda não conseguiram aplicar o lindo projeto que eu também amo, que se encontra escrito no papel, ele não vai aos passeios da escola, este ano nem mesmo convidado para a festa junina ele foi”, escreveu Adriane no post.

– Foi mais um momento das famílias expressarem suas indignações, o que sofrem nas escolas. Mas percebemos que não vai para frente, em termos de políticas públicas ao cidadão e para pessoas com deficiência. Não tive respostas que me dessem segurança – afirmou a mãe após participar de uma audiência pública, para tratar o ocorrido.


 O Globo e Gazeta Online

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.