POLÍCIA PRENDE OITO PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS EM CINCO DIAS, EM FORTALEZA E REGIÃO METROPOLITANA

A polícia apresentou nesta quarta-feira (23) o balanço de uma série de operações realizadas desde a última sexta-feira (18), até esta terça (22), que resultaram na prisão de oito pessoas por tráfico de drogas e na apreensão de quase 70 quilogramas de narcóticos, todas em Fortaleza e em municípios da Região Metropolitana.

Quase 70 quilogramas de drogas foram apreendidos pela Polícia em cinco dias, em Fortaleza e Região Metropolitana (Foto: Wânyffer Monteiro)

As oito pessoas que foram presas faziam parte de grupos diferentes de traficantes de drogas. A primeira abordagem aconteceu na sexta-feira (18), quando a polícia pegou Francisco Leonardo de Oliveira Alves em flagrante. Ele estava em uma moto se encaminhando para um shopping no Eusébio, levando uma mochila com seis quilogramas de maconha. Ao ser abordado, ele confessou ter mais 19 quilogramas de maconha em casa.

No domingo, dois dias depois, foi a vez de Francisco Darlen Lira de Souza, Gustavo Vieira dos Santos e Gleiva da Silva Costa serem flagrados pela polícia enquanto comercializavam ecstasy e LSD em uma rave, em Caucaia. Conforme colocou a polícia, esse tipo de festa com música eletrônica tem se tornado alvo fácil para traficantes de drogas sintéticas. "Há uma omissão no que diz respeito à entrada de drogas, bem como à comercialização livre que acontece nesse tipo de evento", coloca a delegada Patrícia Bezerra. As três pessoas presas estavam com 145 unidades de drogas sintéticas, sendo 35 comprimidos de ecstasy e 110 de LSD.

Denúncias
Oito pessoas foram presas em cinco dias por conta do tráfico de drogas em Fortaleza e Região Metropolitana.

Na segunda-feira, por sua vez, as prisões e apreensões realizadas partiram de denúncias anônimas feitas pela população. Pela manhã, Carlos Eduardo Malveira Chaves e Jailton Jeferson Alves de Melo foram presos vendendo crack em Maracanaú. Um deles, o Jailton, já tinha passagem por tráfico e homicídio.

Na tarde do mesmo dia, outra denúncia levou a polícia a prender mais duas pessoas. Jonathan Tiago Souza estava no Bairro Messejana com 10 quilogramas de maconha. Já Leonardo Resta de Medeiros foi encontrado no Bairro Edson Queiroz com uma mala que continha outros 10 quilogramas de maconha. Ele ainda afirmou que tinha mais 20 quilos da substância em um outro local. Além disso, delatou o fornecedor da droga, que ainda deve ser investigado pela polícia.


G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.