POLÍCIA FEDERAL ATRIBUI CRIMES DE CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO À SENADORA GLEISI HOFFMANN E AO EX-MINISTRO PAULO BERNADO

A Polícia Federal atribuiu, ontem, em relatório no âmbito de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro à senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e ao ex-ministro Paulo Bernardo, no âmbito das eleições de 2014. As investigações têm como base a delação da Odebrecht.
Image-0-Artigo-2279768-1

Em fevereiro 2016, a PF apreendeu documentos na residência de uma secretária do setor de operações estruturadas da construtora Odebrecht. Entre eles, planilhas relatando dois pagamentos de R$ 500 mil cada a uma pessoa de codinome "COXA", além de um número de celular e um endereço de entrega.

A investigação identificou que a linha telefônica pertencia a um dos sócios de uma empresa que prestou serviços de propaganda e marketing na última campanha da senadora.

A PF verificou outros seis pagamentos no mesmo valor, além de um pagamento de R$ 150 mil em 2008 e duas parcelas de R$ 150 mil em 2010.

Essas tabelas também foram apresentadas pela construtora Odebrecht no momento em que foi firmado termo de colaboração premiada.

"Há elementos suficientes para apontar a materialidade e autoria dos crimes de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro praticados pela senadora, seu então chefe de gabinete, Leones Dall Agnol e seu marido, Paulo Bernardo da Silva, além dos intermediários no recebimento, Bruno Martins Gonçalves Ferreira e Oliveiros Domingos Marques Neto", diz a PF.

Arquivamento

Já o ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no STF, determinou o arquivamento de três pedidos de inquéritos. As investigações arquivadas envolvem a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) e os deputados Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e Roberto Freire (PPS-SP). Eles foram acusados de receber Caixa 2 em campanhas eleitorais. No entanto, devido à idade -mais de 70 anos- já não poderiam ser punidos.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.