ENCONTRO DE TEMER E RAQUEL DODGE GERA NOVA POLÊMICA

A subprocuradora-geral da República Raquel Dodge enviou, na manhã de ontem, um ofício ao procurador-geral, Rodrigo Janot, informando que se reuniu com o presidente Michel Temer na noite de terça (8) no Palácio do Jaburu.


Segundo o ofício, assinado digitalmente por Dodge às 10h35, ela e o presidente trataram da cerimônia de posse. Dodge substituirá Janot na PGR (Procuradoria-Geral da República) a partir de 18 de setembro. O mandato do atual procurador-geral termina em 17 de setembro.

"Cumprimentando-o, participo a Vossa Excelência que ontem à noite (terça, 8), no Palácio do Jaburu, o Presidente da República comunicou-me que deverá viajar no dia 18 de setembro para os Estados Unidos, onde participará da abertura da Assembleia Geral da ONU, que se realizará no dia seguinte", informou.

"Por esta razão, tendo em vista que o mandato de Vossa Excelência terminará em 17 de setembro, a posse se dará às 10h30 da manhã do dia 18 de setembro". A visita de Dodge ao Jaburu foi registrada por um cinegrafista da TV Globo por volta das 22h e estava fora da agenda oficial.

No início da manhã de ontem, a futura procuradora-geral afirmou à reportagem que o motivo do encontro era discutir a agenda de sua posse na PGR.

Janot

O encontro de Temer com Dodge foi no mesmo dia em que a defesa do presidente pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) a suspeição de Janot nas investigações que o envolvem.

O Planalto explicou que o encontro não constou da agenda oficial, pois combinaram em cima da hora, por telefone.

Dodge foi nomeada por Temer para assumir o cargo da PGR após seu nome ser aprovado pelo Senado. Ela foi a segunda colocada na lista tríplice entregue pelos membros do Ministério Público Federal.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.