LÍDER DO SINDICADO DO CRIME É PRESO NA PRAIA DO ICARAÍ

Um braço da facção criminosa Sindicato do Crime, criada no Rio Grande do Norte, foi desarticulado pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). O principal líder da organização que estaria tentando se instalar no Ceará e três comparsas dele foram presos em uma casa de luxo, na Praia do Icaraí, em Caucaia. Além disso, 81Kg de maconha, uma escopeta e três pistolas foram apreendidos.

Image-3-Artigo-2268181-1

Há 15 dias, a Especializada investigava os planos da quadrilha de atacar instituições financeiras, no Ceará. De acordo com o titular da DRF, delegado Raphael Vilarinho, o objetivo do Sindicato do Crime era se estabelecer no Ceará e, para isso, estava se relacionando com as facções Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE).

Ao descobrir a utilização da casa de luxo, na Praia do Icaraí, como base do chefe da facção, Francisco Magno da Silva, 32, os policiais civis foram até a residência, no último domingo (9), acharam parte do material ilícito e efetuaram as prisões. Na residência, a Polícia apreendeu aproximadamente 30Kg de maconha, duas pistolas, sendo uma calibre 380 e a outra Ponto 40.


Além de Magno Silva, foram presos Leomar Xavier da Costa, 29, que é apontado pela Polícia como um 'braço direito' da facção; um homem que se apresentou como Lívio Luiz de Araújo Silva, 25, mas que a Polícia desconfia que esteja dando um nome falso; e Gabriel Alves Girão, 22, único cearense do grupo, que seria o responsável por 'inserir' a facção no Estado, criando ligações com os criminosos locais e distribuindo drogas.

Magno e Leomar tentaram se passar por outras pessoas, apresentando identidades falsas, mas foram reconhecidos. Segundo Raphael Vilarinho, a dupla estava foragida do Sistema Penitenciário potiguar.

Na sequência da investigação, a DRF descobriu que a facção criminosa também utilizava uma chácara, no Município de Ocara. Na propriedade, a Polícia apreendeu também uma espingarda calibre 12 e uma pistola calibre 9 mm.

Poder

Vilarinho destacou o poder que o Sindicato do Crime adquiriu no Rio Grande do Norte. A organização foi criada a partir de uma dissidência da facção Primeiro Comando da Capital (PCC). "Eles têm muita força lá. Praticam ataques contra o Estado, assalto a banco. Aqui, praticaram crimes com o Comando Vermelho e GDE. Só que essas duas facções, aqui no Estado, estão em guerra. O que eles disseram é que não têm nada a ver com essa briga e que só são inimigos do PCC. O objetivo deles era estabelecer o Sindicato do Crime aqui", revelou o delgado.


Os quatro presos foram autuados pelos crimes de associação criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo e receptação. Magno Silva e Leomar Costa ainda responderão pelo uso de identidade falsa.

De acordo com o delegado Raphael Vilarinho, embora o Sindicato do Crime tivesse o objetivo de atacar instituições financeiras no Ceará, eles não tinham relação com as ações criminosas contra as agências do Banco do Brasil de Ipueiras, no último domingo (9), e de Redenção, na última segunda-feira (10).

Ataques

As investigações sobre os ataques aos bancos estão avançadas e devem resultar em prisões nos próximos dias, segundo Vilarinho. "Em relação a Ipueiras, estamos fazendo um trabalho em parceria com a Polícia Civil do Estado do Piauí, no intuito de localizar os criminosos. Devemos ter prisões em breve. Em relação a Redenção, já sabemos que a quadrilha que atacou foi o grupo do 'Rafael Fininho', que atua na Serra de Baturité. É um indivíduo muito perigoso, ex-fuzileiro naval", contou.

A DRF irá investigar se os quatro membros do Sindicato do Crime cometeram outros crimes no Ceará. Entre os eventos que serão apurados estão o resgate de 13 presos da Cadeia Pública de Ocara, na sexta-feira (7), onde a facção estava instalada em uma chácara; e os 370Kg de maconha apreendidos no Pirambu, em pacotes parecidos com a droga apreendida com o bando.

"Não descartamos nada. Eles estavam distribuindo droga aqui e arregimentando pessoas. Vamos realizar perícia no armamento. Pode ser que tenha relação", finalizou o delegado.
Membro da GDE, suspeito de 10 mortes, é capturado

Um membro da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foi preso, na tarde de segunda-feira (10), no município de Pacatuba, durante a 'Operação Cavalo de Troia'. Jeferson Severo Viana, 22, é considerado um dos líderes do tráfico de drogas na região, além de ser suspeito de ter cometido, pelo menos, dez homicídios. De acordo com o delegado Francisco Cavalcante, titular da Delegacia Municipal de Guaiuba, Jeferson é suspeito de executar José Marcelo da Silva Cardoso, conhecido como 'Bodozinho', no último domingo (9).

Durante a ação, o suspeito estava em um veículo e abordou dois homens, na Rua Joaquim Dias da Cunha, localizada no Centro de Guaiuba. De imediato, Jeferson efetuou disparos contra José Marcelo, que foi lesionado e morreu ainda no local. A outra pessoa que também era alvo dos disparos não foi atingida e conseguiu escapar.

As investigações iniciais apontam que o crime foi motivado pela rivalidade entre a GDE e a facção criminosa Comando Vermelho (CV), da qual Marcelo seria membro. Conforme o delegado Cavalcante, as investigações da Polícia Civil identificaram o veículo utilizado na ação e foram até a residência, em Pacatuba, onde o carro estaria. No imóvel, Jeferson foi encontrado portando uma pistola.

O suspeito ainda tentou fugir pulando o muro de outras casas, mas foi capturado. Os policiais que participaram da ação alegam que o suspeito se desfez da arma durante a fuga. No total, foram recolhidos cerca de R$ 1.300 que estariam com ele.

Depoimento

Definido como "indivíduo altamente perigoso" pelo delegado Cavalcante, Jeferson negou ter matado José Marcelo, mas admitiu em depoimento que teria desavenças com outras pessoas e que estava arquitetando uma emboscada contra um homem identificado apenas como 'Lourin'. O suspeito foi autuado em flagrante por homicídio doloso e tentativa de homicídio, e, segundo o delegado, será transferido para uma Penitenciária, ainda durante o dia de ontem.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.