ALERTAS DE BALÕES QUE PODEM CAUSAR ACIDENTES AÉREOS NO BRASIL CRESCEM 52%

Por dia, pelo menos dois aviões comerciais deparam-se diante de balões em suas rotas nos céus brasileiros, conforme aponta o relatório do Centro Nacional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) com dados do primeiro semestre deste ano.

Cenipa

Balão

O número de notificações pela presença de balões em rotas de aviões no Brasil é 52% maior, quando é comparado com o mesmo período do ano passado. O que é por alguns como apenas "diversão", especialmente nas regiões interioranas do Sudeste e Sul do País, pode colocar a vida em risco de centenas de pessoas e causar tragédias aéreas.

“Estamos trabalhando na contramão do que sempre foi nossa cultura, tentando prevenir o risco antes que aconteça a tragédia. Não vamos deixar acontecer para depois tomar as providências”, informou, através de comunicado, a Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil.

60% dos alertas de balões no espaço aéreo ocorre em São Paulo

Este ano, já são 395 alertas de balões próximos a aeronaves, gerando uma média de 65,8 ocorrências por mês. 60% das ocorrências são registradas nos céus do estado de São Paulo, em seguida nos estados do Rio de Janeiro e do Paraná.

Os aeroportos mais sujeitos a esse risco são Viracopos, em Campinas (SP), com 273 registros nos últimos quatro anos; Cumbica, em Guarulhos (SP), com 265; seguido de Congonhas, na capital paulista, com 142, segundo dados do Cenipa.


DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.