TASSO TENTA AMENIZAR PERMANÊNCIA DO PSDB NO GOVERNO TEMER

O senador cearense Tasso Jereissati disse nesta terça-feira (13) que não acredita em debandada de integrantes do PSDB depois da decisão da legenda de continuar na base do governo Temer. “Eu não acredito, não. A decisão foi ponderada. Nenhum deputado falou em sair do partido, pelo contrário. Houve o compromisso de todos em permanecer no partido”.


Ele ainda afirmou que o PSDB vai ficar em “monitoramento diário dos acontecimentos” para tomar as decisões que sejam o “melhor para o país”.

A decisão da cúpula dos tucanos foi tomada nessa segunda –feira (12), após a reunião em que saiu vencedora a posição de caciques da sigla, como o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Dória.

Entenda

Desde que vieram a público as delações da JBS, com denúncias envolvendo o nome de Temer, integrantes do PSDB passaram a questionar a permanência do partido no governo.

O jurista Miguel Reale Jr., um dos autores do pedido de impeachment de Dilma Rousseff, anunciou desligamento da sigla, após saber a decisão do encontro dos tucanos.

G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.