MANIFESTANTES PROTESTAM CONTRA REFORMA DO GOVERNO TEMER EM TODO PAÍS

A manhã desta sexta-feira (30) foi marcada por protestos contra as reformas trabalhista e da Previdência do governo Michel Temer, em todo o país. Cidades de todos os estados e o Distrito Federal tiveram protestos, com bloqueios de vias e rodovias.

Resultado de imagem para MANIFESTAÇAÕ EM TODO BRASIL CONTRA GOVERNO TEMER

Os atos começaram no início da manhã. Em São Paulo, manifestantes interditaram vias como a Anchieta e a Régis Bittencourt. Os acessos aos aeroportos de Congonhas, na Zona Sul, e de Cumbica, em Guarulhos, foram bloqueados. A Avenida São João também foi bloqueada e a Polícia Militar chegou a jogar bombas de gás contra os manifestantes.

 (Foto: Editoria de Arte/G1)

No Distrito Federal, as estações do metrô foram fechadas e os ônibus de todas as empresasnão circularam. Na BR-020, próximo ao Setor Mestre D'Armas, em Planaltina, manifestantes colocaram fogo em pneus

Em Minas Gerais, os metrôs não circularam e houve bloqueio nas avenidas na Grande BeloHorizonte. Manifestantes colocaram fogo em pneus na Avenida Cristiano Machado, no bairro Palmares, na Região Nordeste de Belo Horizonte. Em Contagem, na Grande BH, manifestantes bloquearam a Avenida Cardeal Eugênio Pacell.

No Rio de Janeiro, protestos fecharam vias importantes, dificultando circulação. A cidade entrou em estágio de atenção por causa dos protestos. Manifestantes fecharam a Linha Vermelha, a saída para a Avenida Brasil da Ponte Rio-Niterói, a Avenida Brasil e o acesso ao aeroporto do Galeão. Houve uma manifestação no saguão do aeroporto Santos Dumont. Metrô, trem, VLT, BRT e ônibus funcionavam normalmente.

Houve ainda protestos em Maceió, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.


G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.