LAVA JATO DENÚNCIA SÉRGIO CABRAL, EX MULHER, O IRMÃO E MAIS 3

A força-tarefa da Lava Jato no Rio denunciou, pelo crime de lavagem de dinheiro, o ex-governador do Estado Sérgio Cabral (PMDB). A acusação alcança Flávio Werneck, dono da FW Engenharia; Alberto Conde, contador da FW; Susana Neves, ex-mulher de Sérgio Cabral; Maurício Cabral, irmão do ex-governador; e Carlos Miranda, um dos operadores do esquema. 

Cabral

Os episódios de lavagem relatados na denúncia se referem ao uso da empresa Survey Mar e Serviços Ltda, ligada a Flávio Werneck, para dar aparência lícita ao pagamento de R$ 1,7 milhão em propina.

As informações foram divulgadas pelo Ministério Público Federal, no Rio, nesta sexta-feira, 2.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.