FHC DEFENDE QUE O PSDB NÃO SAIA LOGO DO GOVERNO TEMER

Ao comentar as denúncias recentes contra o presidente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse, em entrevista a Band, que "todas as pessoas têm direito de defesa". Além disso, afirmou que seu partido, o PSDB, "tem que ter cautela" para desembarcar do governo por apoiar desde o início o plano econômico de Temer. Disse que seria "sair correndo num primeiro momento. Não descartou, no entanto, uma mudança de opinião do partido. A entrevista foi gravada na última sexta-feira (19).

Image-0-Artigo-2245023-1

Apesar de admitir que Temer terá dificuldades em levar adiante as reformas junto ao Congresso, FHC não se alongou sobre a crise política pela qual passa o atual governo, elogiando o primeiro ano do governo Temer.

Tasso

O presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati, disse, ontem, que as delações da JBS contêm "denúncias gravíssimas", com desdobramentos imprevisíveis. Tasso evitou ser taxativo quanto à permanência do PSDB na base aliada de Temer, mas afirmou ser preciso afastar uma "aventura" no País. "Num momento como este, não podemos jogar o País numa aventura".

Questionado sobre quanto tempo o PSDB vai esperar para tomar uma decisão a respeito de seu destino, o senador indicou que o partido aguardará o julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 6 de junho.

Aécio

O senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou, em artigo publicado no jornal "Folha de S. Paulo" ontem, que não cometeu nenhum crime e atacou o dono da JBS e delator, Joesley Batista.

Ontem à noite, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recorreu da decisão do ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, que negou a prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Janot pede que o ministro reconsidere a decisão ou leve com urgência o caso para o plenário, com intuito de que os 11 ministros da Corte analisem a situação.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.