CEARÁ REDUZ NUMERO DE MORTES NAS ESTRADAS MAS INFRAÇÕES AUMENTAM

O número de mortes em rodovias federais no Ceará registrou uma queda de 53% nos primeiros quatro meses de 2017 em relação ao mesmo período do ano anterior.


Conforme balanço divulgado nesta terça-feira (9) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve redução também no número de 39% nos casos de acidentes graves.

De acordo com a PRF, são classificados como acidentes graves aqueles em que se registra pelo menos um ferido grave ou um óbito. Houve redução de 17% no número de acidentes, foram registrados 706 acidentes em 2017, contra 853 em 2016. Com relação ao número de feridos, o registro foi de 781 em 2016 e 636 em 2017, uma redução de 19%.

Comportamento perigoso

Apesar do resultado no número de acidentes, o balanço não apresenta mudança em alguns comportamentos dos condutores, pois em 2016 foram registrados 4.683 autos de infração por ultrapassagens indevidas, e em 2017 foram registrados 5.462, um aumento de 17%.

Em 327 fiscalizações realizadas com radares móveis, foram capturadas 91.587 imagens, ou seja, mais de 91 mil motoristas transitando acima da velocidade permitida para a via, um aumento de 111%, comparado com o mesmo período de 2016.

Alcoolemia

O número de autos de infração por alcoolemia também aumentou. Os dados apontam que em 2016 foram autuados 332 condutores, já em 2017 o registro foi de 363 autuações, um aumento de 9%. Ano passado foram realizados 25.724 testes, e em 2017, 30.027 testes, um aumento de 17%.

G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.