TEMER DIZ AO TSE QUE TESTEMUNHAS NÃO APONTARAM ILÍCITOS DELE

A defesa do presidente Michel Temer enviou nesta segunda-feira (13) documento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para reiterar que nenhuma testemunha do processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer informou a participação ou anuência dele com fatos ilícitos.


A petição foi apresentada após o relator da ação, ministro Herman Benjamin, do TSE, ter ouvido vários ex-executivos da construtora Odebrecht, cujos depoimentos ainda estão sob sigilo.


Segundo a defesa, qualquer responsabilidade que seja atribuída a Temer na ação "segue sendo subsidiária", ou seja, sem a atuação efetiva dele.


Michel Temer se manifestou porque, como parte interessada no processo, poderia indicar a coleta de novos depoimentos de testemunhas no processo neste momento. A defesa afirmou, porém, que não há necessidade da indicação de testemunhas.


O PSDB é o autor de quatro ações que apontam abuso de poder político e econômico por parte da chapa eleita. Entre as irregularidades, o partido apontou desvio de dinheiro da Petrobras para abastecer contas de campanha. A ação foi movida após a eleição, no fim de 2014. Em fevereiro de 2015, chegou a ser arquivada, e, em outubro do mesmo ano, foi reaberta pelo TSE. Atualmente, o PSDB integra o governo Temer.

G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.