PROFESSORA VOLUNTÁRIA FOI ENCONTRADA MORTA, SEMINUA E ACORRENTADA EM UMA CAMA

Uma mulher de 31 anos foi encontrada morta, seminua e acorrentada em uma cama com vários cadeados dentro de uma casa na região rural de São José do Rio Preto (SP) no domingo (12).

Simone foi encontrada amarrada em cama (Foto: Reprofução/Facebook)

De acordo com a polícia, um lavrador encontrou a vítima Simone Moura Facini Lopes nessa situação na casa onde mora. Ainda segundo a polícia, ele divide a casa com um outro homem, de 64 anos, que está desaparecido.

O lavrador chamou a polícia, que realizou uma perícia no local. Segundo a polícia, a vítima tinha contato com este homem de 64 anos. De acordo com informações dos vizinhos passadas para a investigação, a mulher frequentava o local para ensinar o homem a ler e escrever.

A polícia também apreendeu uma marreta com vestígio de sangue, que pode ser a arma utilizada no crime. De acordo com a polícia, a vítima foi encontrada com ferimentos graves na cabeça. O homem está desaparecido e a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) está investigando o caso.

Ela era casada com César Lopes há 13 anos com quem tinha um filho de 12. Simone era voluntária em uma igreja e dava aulas para crianças em um projeto religioso e ajudava pessoas de fora também. Ela morreu justamente em um lugar onde ela fazia um serviço voluntário. A igreja onde é voluntária afirma que este trabalho onde ela foi morta não foi indicação da igreja.

O delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) Fernando Tedde confirmou que os dois homens de 47 e 64 anos tinham passagens pela polícia por crime de estupro. A polícia segue nas investigações.

G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.