POLICIA PRENDE SUSPEITO DA MORTE DE UM PORTUGUÊS DURANTE UM ROUBO EM FORTALEZA

A polícia prendeu dois suspeitos de envolvimento no assassinato do comerciante português Nuno Antônio Torres, morto no dia 17 de outubro de 2016, durante um assalto no Bairro Montese, em Fortaleza. Os envolvidos foram presos durante uma operação das polícias Militar e Civil, realizada em diferentes bairros da capital entre a sexta-feira (10) e o domingo (12).


Conforme o delegado Fábio Torres, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), um dos presos é suspeito de atirar no português. O outro homem, segundo o delegado, planejou o assalto em que houve o assassinato. Uma mulher já havia sido presa por participação no crime.

Durante a operação, outras quatro pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nos crimes de tráfico de drogas e homicídios. Dentre os presos, estão duas mulheres suspeitas de envolvimento no assassinato de um homem por disputa de tráfico de drogas.

A polícia ainda identificou que dois presidiários da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) I são responsáveis por ordenar o assassinato de um rival em um restaurante em Fortaleza.

Todos os presos foram conduzidos à sede da DHPP. Eles foram autuados, de acordo com suas participações, pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.