HOMICÍDIO VOLTAM A CAIR NO CEARÁ EM FEVEREIRO

Após um mês apresentando aumento, o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) - homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte - voltou a cair no Estado, no último mês de fevereiro. Em comparação a mês igual do ano passado, aconteceram 9,4% menos mortes violentas, reduzindo de 297 ocorrências para 269. Os dados foram apresentados ontem pelo governador do Estado Camilo Santana.


Em contrapartida, Fortaleza continuou apresentando aumento da estatística, desta vez de 5,9%. Em fevereiro deste ano, 90 pessoas foram vítimas de CVLIs na Capital, enquanto em igual mês de 2016 foram registrados 85 casos. Pelo segundo mês seguido registrando crescimento de homicídios, a Capital voltará a ser foco da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) nos próximos meses, segundo o governador Camilo Santana.

A maior redução em mortes foi registrada na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), com 35,2%, caindo o número de ocorrências de 88 para 57. O Interior Sul também apresentou queda significativa, de 19%, passando de 79 casos para 64.

Camilo Santana justificou a inconstância dos números, com queda de homicídios em algumas regiões e aumento em outras, à falta de efetivo policial, que leva ao remanejamento de pessoal dependendo da área mais violenta. "É um lençol curto' que a médio prazo a gente vai conseguindo aumentar tanto o efetivo como equipamentos".

Roubos e furtos

A estatística de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) - roubos - apresentou queda em todas as regiões do Ceará, em fevereiro de 2017, e o Estado teve uma redução de 13,9% em ocorrências. Já o índice de furtos registrou redução de 4,9% nos casos do Estado.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.