CROATÁ: MINISTÉRIO DA FAZENDA APONTA DIVIDA DEIXADA DE MAIS DE R$ 6 MILHÕES

O Ofício nº 64/2017 oriundo da Receita Federal do Brasil, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda e emitido em 17 de fevereiro de 2017, mostra mais uma dívida de tantas deixadas pela administração passada do município de Croatá. O montante total da dívida deixada pela administração de Antonio Onofre para a administração de Thomaz Aragão soma um total de R$ 6.447.703,42 (seis milhões, quatrocentos e quarenta e sete mil, setecentos e três reais e quarenta e dois centavos).

ADMINISTRAÇÃO DEIXOU DÍVIDA PREVIDENCIÁRIA MILIONÁRIA DE R$ 6.447.703,42

Os dados foram enviados em resposta a uma solicitação do ex-prefeito, feita à Receita Federal, solicitando informações a respeito de débitos parcelados pelo município de Croatá em 31 de dezembro de 2016, último dia de seu mandato. 

O documento a que tivemos acesso mostra que passaram da administração passada para a atual administração, dois débitos de natureza previdenciária junto ao INSS em parcelamento, um de R$ 815.306,35 e outro de R$ 5.632.397,07, totalizando quase seis milhões e meio de reais.

A assinatura digital constante no Ofício nº 64/2017, pertence ao Auditor-Fiscal da RFB, Sr Marcelo Fernandes França. 

Veja o documento digitalizado abaixo, comprovando a dívida milionária parcelada deixada pela administração ex-prefeito Antonio Onofre para que seja paga pela administração do atual Prefeito Thomaz Aragão:


DIRETO DA REDAÇÃO POR CYRO LEOPOLDO
COM INFORMAÇÕES DO MINISTÉRIO DA FAZENDA

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.