POLÍCIA PRENDE QUADRILHA LIDERADA POR CHEFE DO TRÁFICO NO CEARÁ

A operação "Rei do Camarote" prendeu três suspeitos de chefiar um esquema de tráfico de drogas em Caucaia, na Grande Fortaleza, na manhã desta quarta-feira (22). De acordo com o titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, o bando era liderado por um presidiário, Jeferson Luan Oliveira, preso por quatro homicídios. (assista no vídeo acima ao momento da operação)

Operação apreendeu armas, drogas e R$ 70 mil em dinheiro não declarado (Foto: SSPDS/Divulgação)

Na residência da mãe do presidiário, a polícia apreendeu R$ 70 mil em dinheiro não declarado, que será investigado se tinha como origem o tráfico de drogas.

A operação da polícia cumpriu um mandado coletivo, contou mais de 200 policiais e entrou em pelo menos 150 residências, de acordo com a SSPDS. Algumas casas que estavam fechadas tiveram a porta arrombada para a continuidade da operação. (veja nas imagens abaixo)

Supervisão

Durante as visitas, um comerciante foi apreendido em flagrante por posse ilegal de arma. Não há indícios de que ele esteja envolvido em crimes de tráfico de droga. Também foram apreendidas armas, munições e pequenas quantidades de drogas em outros domicílios.

Além do tráfico, a polícia investiga se o bando é autor de vários homicídios na Grande Fortaleza, entre eles um assassinato no réveillon em Caucaia, crime que deu início à operação Rei do Camarote. A partir do homicídio, a polícia realizou um levantamento na região, no Bairro Jurema, e descobriu que a quadrilha atuava a mando do presidiário Luan Oliveira.

Ainda segundo a Polícia Civil, o bando "ditava as regras" na comunidade, inclusive expulsava famílias do local que ameaçavam denunciar a facção ou questionava os crimes cometidos.

G1

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.